Comissionamento de Subestação
O comissionamento é a certificação de todo o trabalho realizado, que tem como principal objetivo garantir a confiabilidade e segurança do sistema.

A AGPR5 conta com uma equipe especializada e munida de equipamentos de ultima tecnologia para o comisisonamento de subestação. O comissionamento realizado pela AGPR5 abrange o cumprimento das normas nacionais e internacionais aplicáveis, níveis de tensão de 13,8 kV até 230 kV, sendo composto por basicamente 06 etapas:

Análise do projeto e documentações 

Antes de iniciar as atividades, nossos engenheiros e técnicos fazem uma análise no projeto da subestação, a fim de checar a filosofia de funcionamento, possíveis erros ou inconsitências. Toda documentação contemplada na LD (lista de documentos) são analisadas.

Inspeção Visual 

Verificação das condições fisícas e elétricas dos equipamentos e demais partes do sistema para identificar danos e possíveis falhas de montagem.

Teste de fiação

A equipe técnica verifica ponto a ponto de todas as interligações do sistema, garantindo que todas as conexões estajam imunes a defeito fisíco e conforme o projeto, prevenindo falhas e erros durante o start-up/operação.    

Testes de equipamento

Disposmos de aparelhos com tecnologia de ponta para realização dos ensaios nos equipamentos de potência e proteção, tais como:

  • Equipamentos de manobra (chave seccionadora, disjuntores);
  • Transformadores de Corrente e Potencial;
  • Transformador de potência;
  • Pára-raio;
  • Duto de barras;
  • Cabos de média tensão e muflas;
  • Malhas de aterramento;
  • Painéis de distribuição de força CA/CC, controle, medição/faturamento e proteção;
  • Banco de baterias.

Funcional do sistema

Atráves de testes, certificamos que tudo está operando corretamente e que as interfaces e proteções estão atuando conforme necessário, garantindo confiabilidade e segurança de todo o sistema elétrico.

Relatório conclusivo

Ao final de todos os testes e verificações é elaborado um relatório contendo:

  • Características dos equipamentos;
  • Resultados obtidos;
  • Comparação dos resultados obtidos com os especificados dos equipamentos;
  • Análise e recomendação de não conformidades potenciais;
  • Relatório fotográfico.